Vendas (e preço) de Petróleo Voltam a Subir em Angola

A receita fiscal com a exportação petrolífera em Angola aumentou 20 por cento em Março, para mais de 745 milhões de Euros.

De acordo com os dados dos últimos relatórios mensais do Ministério das Finanças de Angola acerca das receitas com a venda de petróleo, foram exportados 47.470.622 barris de petróleo, a um preço médio de 51,7 Dólares. Tais valores revelam um aumento superior a 133 mil barris face ao mês anterior, embora com uma descida do preço médio em mais de 1 Dólar.

Assim, as vendas totais de petróleo ascenderam aos 2.293 milhões de Euros em Março, aproximando-se dos valores de Janeiro do presente ano, em que Angola exportou 52.250.079 barris de petróleo, a um preço médio de 51 Dólares, gerando receitas fiscais no valor de 158,9 mil milhões de Kwanzas (892 milhões de Euros), que só tem paralelo com Outubro de 2015. Em Março deste ano, as receitas fiscais, relativas a 13 concessões de produção petrolífera, ultrapassaram os 132 mil milhões de Kwanzas (746,7 milhões de Euros).   

Há que lembrar que Angola exportava cada barril de petróleo, em 2014, a mais de 100 Dólares, mas, em 2016, o valor chegou a mínimos de 30,4 Dólares por barril. Em Março do presente ano, cada barril de petróleo vendido por Angola ficou, em média, 7 Dólares acima do valor que serviu de base à elaboração do Orçamento Geral do Estado para 2017.

Na origem destes dados estão números sobre a receita arrecadada com o Imposto sobre o Rendimento do Petróleo (IRP), Imposto sobre a Transacção de Petróleo (ITP) e receitas da concessionária, relativos a 12 concessões petrolíferas Angolanas. 

 

Subscreva a newsletter AOB
e receba as ultimas notícias a nivel mundial


Registo na Ordem dos Advogados sob o n.º 13/04

Morada: Av. Engenheiro Duarte Pacheco, 19, 1º andar
1070 - 100 Lisboa

Tel: +351 21 371 33 50

Por defeito, este site usa cookies. Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.